Ronaldo 06.10.2018

Imagem: Der Spi­egel

Não tenho opi­nião for­mada acerca da ve­ra­ci­dade das acu­sa­ções de vi­o­lação que pendem sobre Cris­tiano Ro­naldo (.pdf), e deixo que a jus­tiça faça o seu tra­balho – em­bora sai­bamos que a jus­tiça norte-ame­ri­cana pode trans­formar-se ra­pi­da­mente num circo me­diá­tico de grandes pro­por­ções, pleno de tru­ques e te­ch­ni­ca­li­ties para Cor­reio da Manhã ver. Por outro lado, tenho uma ideia bas­tante clara sobre o que a opi­nião pú­blica pensa acerca do as­sunto. Uma boa forma de a de­mons­trar é a do cos­tume: con­sultar o Twitter. Sendo ainda o me­lhor men­ti­dero co­nhe­cido, é por lá que po­demos sentir o pulso da po­pu­laça, en­con­trando pé­rolas como as se­guintes, apenas uns parcos exem­plos entre tantos, ob­tidos hoje:









Os exem­plos acima de­certo já não serão os mais ima­gi­na­tivos. A dis­cussão vai longa e a chama co­meça a ex­tin­guir-se, de­vendo ser re­a­cen­dida dentro de al­gumas horas, com mais uma cos­cu­vi­lhice qual­quer, com mais um di­recto da suite do hotel onde a ale­gada vi­o­lação ocorreu ou, pior ainda, com mais um co­men­tário de um po­lí­tico ou go­ver­nante acerca do as­sunto, como se a acu­sação pen­desse sobre um digno re­pre­sen­tante de todos os por­tu­gueses – o que, na ver­dade, Cris­tiano Ro­naldo, um dos me­lhores atletas vivos, não é.
Não se pense, porém que todos os por­tu­gueses estão de acordo com o que acima se trans­creve do Twitter. Há muitos que, como eu, acham que se Ro­naldo for dado como cul­pado de vi­o­lação, deve ser con­de­nado e cum­prir pena. Mas para estes, o ac­tual trei­nador do SCP, José Pe­seiro, tem um re­cado:
Não vou co­mentar nada sobre isso. Acho que a es­pe­cu­lação feita em Por­tugal é hor­rível. De­fen­demos muito pouco o que é nosso. Somos um país com tanta qua­li­dade e tanta coisa boa e sempre que temos hi­pó­tese de mar­telar al­guém do nosso país é ina­cre­di­tável. Deixem isso para os ou­tros, que têm ciúmes de nós. Pa­rece que temos in­veja e ciúmes de nós pró­prios. É hor­rível, dá-me uma dor. Como é pos­sível termos in­veja e ciúme do su­cesso dos nossos jo­ga­dores e das ou­tras pes­soas? Sempre que apa­nhamos al­guma coisa menos boa em al­guém.… como a gente a per­segue.

Fi­camos avi­sados: con­si­derar que um fu­te­bo­lista, como qual­quer outra pessoa, deve ser jul­gado pela sus­peita de vi­o­lação pode ser con­si­de­rado crime de lesa-pá­tria. E, dada a amostra, o me­lhor talvez seja mesmo evitar falar disto em voz alta nos cafés, se não que­remos su­jeitar-nos a um olho negro. Já acon­teceu por menos.