4: Lusitana Paixão I : Shadenfreude

.
What a fearful thing is it that any language should have a word expressive of the pleasure which men feel at the calamities of others; for the existence of the word bears testimony to the existence of the thing. And yet in more than one such a word is found. ... In the Greek 'epikhairekakia', in the German, 'Schadenfreude.'
Richard Chenevix Trench, "On the Study of Words", 1852


-- Vê lá tu, estava agora a estacionar ali o carro só para vir aqui ao café, a GNR ia a passar e multou-me... eu ainda lhes disse que era só por cinco minutos, nem isso, mas os gajos não perdoaram, pá!
-- Se eles viessem mas era ver essa ladroagem que anda aí, isso é que era...
-- Pois, o que eles querem sei eu... mas também levaram o recado!
-- Então?...
-- Pá, então estava ali tanto carro com a roda no passeio e os gajos só me multam a mim? "Então você só me multa a mim?", e o gajo diz-me que me estava a multar pela falta de respeito. Deve ter sido por eles irem a passar e eu não ter ido dar a volta.
-- A sério? Grande lata! Estes gajos... e depois? Ficou assim?
-- Nada! Ouve lá, tu conheces-me... eu disse-lhe que ou me perdoava a multa, ou tinha de multar os carros todos. Isto ou é igualdade, ou então...
-- Ora bem! Devia lá estar algum carro de um senhor doutor da câmara. A esses não multam eles!
-- Pois! Mas olha que ele teve de os multar a todos, que eu fiquei lá a ver. Garanto-te que se fosse só eu a ser multado, ia fazer uma participação do gajo. Já tinha o nome dele escrito e tudo... olha ele aqui. E tirei uma foto... oh... vês?
-- Pá... se não formos nós a lutar pelos nossos direitos, esses gajos fazem o que querem.
-- Então não é? Ó Zé! Olha aí um martini com cerveja em copo grande. Agora, se quiserem rebocar o carro que reboquem... mas digo-te: se o rebocarem, vão ter de rebocar os carros todos da rua. Até quero ver...

(conversa real)

Mais: